12 September 2014

E A T / Fold super-foods and organic agriculture / Part I

IMG_8804
Something a little different today. I wanted to talk to you about superfoods, in this case about Fõld, a Portuguese brand of super-foods created by pharmacists. But since I can't help it but to also explain the fuss about GMO or organic agriculture I decided to make 2 separate posts.

Part 1 — GMO and organic agriculture
Part 2 — Fõlds superfoods and their benefits

Föld is a relatively recent brand but has been gaining ground on the super-foods competitive market. Föld brings more than 10 different super-foods, which are meant to increase your well-being and health through diet. All the super-foods come from organic agriculture — SE-EKO certified — which means the costumer is presented with fresh, tasty and authentic food while respecting natural life-cycle systems. So, lets clear out some points.

The EU organic leaf found on many packaging, and also found on Földs, means the product has followed a number of principles and practices:
— Wide crop rotation for an efficient use of on-site resources
— Very strict limits on chemicals (pesticides, fertiliser, etc)
— Use of on-site resources
— Chosen species that are resistant and adapted to local conditions
— Prohibition of use of genetically modified organisms — And now you ask — "What's the big deal about genetic modified organisms?" — Let's get nerdier:

The WHO definition says — "Genetically modified organisms (GMO)  or  foods are derived from organisms whose genetic material (DNA) has been modified in a way that does not occur naturally"
But why do people do this?
Genetic modification is done to add a specific characteristic to the organism. In the food industry it's usually done to:
— Add resistance to insect damage
— Add resistance to viral / fungi / bacterial infections
— Add tolerance towards certain herbicides — ei. they kill other stuff and not the plant
— Modify a characteristic of a food to make it more pleasant for human consumption — eg. removing seeds, adding sweetness, etc.

So you might think: "But thats genius! why is it bad?"
Don't get me wrong, it was an amazing break though and at first it seemed that it would solve all our problems. In the 60's GMO were already being planted and spread worldwide but soon they started to show their dark-side. Here are some examples of disadvantages related to GM foods:
Allergenicity
Gene transfer — gene transfer from the GM foods to cells of the body or to bacteria in the gastrointestinal tract, eg. antibiotic resistance genes
Outcrossing — ei. the movement of genes from GM plants into conventional crops or related wild species
Susceptibility — ei. if a plant has a gene that is vulnerable to resistant virus/fungi/bacteria/pests than all the other GMO that have the same genetic code will too be vulnerable and therefore nothing can be done (fast enough) to stop the infection, leading even to extinction — for example what happened to the Gros Michel banana — if you want to know more about it click here.
Loss of biodiversity
and increased use of chemicals.

So now you know why there's so much concern about Genetic Modified Organisms. And if you're a nerd like me you can read more about here and here.

So there you have it! And if you made it this far alive I hope you stay tuned for Part II!
Untitled-2
/ P T


Algo um pouco diferente hoje. Queria falar-vos da Föld uma marca portuguesa de super alimentos criada por farmacêuticos. Mas já que não consigo falar de um assunto sem o explicar a fundo decidi dividir o post em 2 partes:



Parte I — Organismos Genéticamente modificados e agricultura biológica

Parte II — Os benefícios dos super alimentos 


Apesar de ser relativamente recente a Föld tem vindo a ganhar terreno neste mercado super competitivo. Traz-nos mais de 10 super alimentos diferentes, de modo a aumentar o bem estar e a saúde do consumidor através da dieta — são certificados SE-EKO — o que significa que o consumidor está perante um alimento fresco, saboroso e orgânico enquanto os ciclos naturais das plantas são respeitados. E agora vamos lá esclarecer melhor alguns pontos.



O símbolo de produto biológico certificado pela UE pode ser encontrado em diversos produtos e também está presente nas embalagens Föld. Isto significa que o produto segue diversos princípios e práticas:

— Rotação de culturas para uso eficiente dos recursos locais
— Limites muito restritos no uso de químicos (pesticidas, fertilizantes, etc)
— Uso de recursos locais
— Escolha de espécies naturalmente resistentes e adaptadas às condições locais
— Total proibição de organismos genéticamente modificados — E agora vocês perguntam — "afinal qual é o problema dos organismos genéticamente modificados?" — Vamos ser um pouco mais nerds:


A definição da WHO diz o seguinte — "Organismos genéticamente modificados (GMO) são alimentos derivados de organismos cujo material genético (DNA) tenha sido modificado numa forma que não ocorre naturalmente"



Porque é que se recorre a GMO?

A modificação genética de organismos é feita para adicionar ou retirar alguma característica a um dado organismo. Na industria alimentar é normalmente feito para: 
— Adicionar resistência a danos causados por insectos
—Adicionar resistência a infecções víricas/fúngicas/bacterianas
—Adicionar tolerãncia a determinados herbicidas — ie. o herbicida ataca as pestes mas não a planta
—Modificar alguma característica que torne o alimento mais apelativo para consumo humano — ie. remoção das graínhas, tornar o fruto mais doce e duradouro, etc.


Agora podem pensar: "Mas isso é só vantagens! Afinal qual é o problema?"

Não me interpretem mal, a modificação genética e todos os avanços de engenharia genética são extremamente importantes e vantajosos, no entanto neste aspecto depois dos organismos GMO terem sido cultivados em todo o mundo, foram descobertas desvantagens.
Alguns exemplos de desvantagens relacionadas a alimentos GMO:
Alergias
Transferência de genes — transferência dos genes modificados para as células do corpo ou para bactérias da flora intestinal humana — por exemplo, genes de resistência a antibióticos
Outcrossing — ie. o movimento de genes dos organismos GMO para culturas convencionais ou espécies selvagens
Susceptibilidade — se uma planta GMO é vulnerável a um vírus/fungo/bactéria resistente então todos os organismos com o mesmo código genético serão também afectados, não havendo diferenciação genética para parar ou abrandar a infecção — já levou à extinção de por exemplo a banana Gros Michel — se quiserem saber mais sobre esta extinção clickem aqui.
Perda de biodiversidade
e aumento do uso de químicos.


Espero ter esclarecido um pouco melhor a preocupação acerca de organismos genéticamente modificados. E se são nerds como eu e quiserem ler mais sobre o assunto clickem aqui aqui.




Se conseguiram chegar até aqui espero que tenham gostado e fiquem atentas pois na segunda parte vou explicar os benefícios destes super alimentos!

Podem começar a investigar o site deles — www.fold.pt
IMG_8843
Captura de ecrã 2014-08-18, às 21.50.12


2 comments:

  1. Gostei muito deste post super diferente, tenho vindo a aderir as este tipo de produtos e a inseri-los principalmente ao pequeno almoço, e gosto sempre de ler e ficar a saber ainda mais sobre este assunto. Fico a aguardar ansiosamente pela segunda parte!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada Inês :) Espero que gostes também do próximo post, está para breve :)

      Delete